Seu navegador não suporta Javascript! O que uma assessoria jurídica pode fazer pela sua empresa? | Alves Araujo

22 de março de 2017

O que uma assessoria jurídica pode fazer pela sua empresa?

Assessoria Jurídica

Uma das principais queixas do empresário brasileiro, seja o proprietário de uma microempresa ou o gestor de uma grande organização, diz respeito à complexa legislação imposta pelo estado para regular a iniciativa privada — que, se somada à forte intervenção estatal na atividade econômica, acaba culminando em uma série de adversidades. Leis trabalhistas, previdenciárias e tributárias são editadas todos os dias, o que traz consequências práticas para o gestor.

Acontece que nem todos estão preparados para essa realidade. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), atualmente, metade dos novos empreendedores fecha as portas após 3 anos em funcionamento.

Os motivos que nos levam a essa triste realidade são inúmeros e, entre eles, está a dificuldade em ficar em dia com a papelada e com os encargos. Para evitar essa situação, buscar por uma assessoria jurídica pode ser uma boa alternativa para os pequenos empresários.

Para todos aqueles que nos acompanham, falamos há algum tempo sobre A importância da Assessoria Jurídica e, no artigo de hoje, iremos falar sobre os benefícios de se ter uma assessoria jurídica voltada paras pequenas empresas. Confira!

Foco na atividade fim

Em primeiro lugar, é importante lembrarmos que toda empresa deve focar em sua atividade fim para conseguir os resultados esperados. Se um gestor precisa destinar grande parte da sua atenção para a legislação tributária, por exemplo, isso certamente prejudicará todo o monitoramento do empreendimento.

A assessoria jurídica, nesse caso, é uma alternativa extremamente barata e eficiente, pois, além de não precisar da criação de um setor jurídico internamente, também permitirá ao empresário focar em sua própria produtividade.

Planejamento

Como vimos, metade dos empreendimentos são obrigados a fechar as portas após 3 anos de atividades, e um dos principais motivos certamente é a falta de planejamento. É preciso antever todas as adversidades que poderão ser enfrentadas, calcular investimentos e encargos futuros (como um possível aumento de tributos ou encargos demissionais futuros), entre outras previsões.

A assessoria jurídica pode ser fundamental nesse processo, tanto na fase inicial da empresa quanto nas revisões feitas no planejamento sempre que for necessário.

Segurança jurídica e negocial

Apesar de parecidos, estamos falando de dois conceitos diferentes. Quando contrata um serviço de assessoria jurídica, o empreendedor estará garantindo tanto a segurança jurídica do negócio quanto a negocial. No primeiro caso, como ele contará com um respaldo jurídico, para ter mais certeza acerca das suas ações, da legalidade dos contratos celebrados, e da regularização da empresa. Além disso, conhecerá melhor a legislação e saberá quais são as tendências para o futuro.

No segundo caso, por outro lado, ele poderá garantir que o negócio não será afetado por quaisquer penalidades impostas pelo poder público e, por isso, não terá despesas inesperadas que afetem o negócio.

Prevenção e defesa

Por fim, é importante lembrarmos que, além de prevenir o empreendedor das adversidades que pode enfrentar, muitas assessorias jurídicas atuam diretamente na sua defesa, embora esse tipo de serviço seja variado de escritório para escritório. Alguns atuam na área de reconciliação, por exemplo, e outros fazem a defesa completa da empresa em todo o processo judicial. Essa é uma segurança ainda maior para o empresário garantir a sustentabilidade do seu negócio.
 
Agora que você já sabe a importância da assessoria jurídica para a sua empresa, não deixe de contar com esse serviço! 




Caso ainda tenha restado alguma dúvida sobre o assunto, entre em contato conosco ou deixe sua mensagem nos comentários logo abaixo e informe-se sobre seus direitos