Seu navegador não suporta Javascript! 9 filmes que todo apaixonado pelo direito deve assistir | Alves Araujo

11 de agosto de 2016

9 filmes que todo apaixonado pelo direito deve assistir

9 filmes que todo apaixonado pelo direito deve assistir

Os filmes são uma ótima maneira de contar uma história e, entre tantos títulos que temos por aí, existem alguns que contam ótimas tramas do ponto de vista jurídico. Se você é estudante de direito ou advogado e não dispensa um bom filme, que tal juntar o útil ao agradável? 

Seguindo o ritmo de comemoração do dia do advogado, separamos uma lista de 9 filmes jurídicos de grande sucesso no cinema que envolvem temas ligados ao Direito, como tribunais, advogados, leis, justiça, ou seja, abordam conteúdo jurídico.

Lembrando que alguns filmes listados aqui são baseados em fatos reais. Confiram a lista logo abaixo:


1. Julgamento de Nuremberg


Com o fim da II Guerra Mundial, os países aliados reúnem-se em Nuremberg, Alemanha, para decidir o destino de oficiais nazistas, julgados por seus bárbaros crimes nos campos de concentração. 

O Julgamento de Nuremberg, ou oficialmente, o Tribunal Militar Internacional (TMI) foi um Tribunal Internacional formado após o fim da segunda Guerra Mundial, com o objetivo de julgar os crimes de guerra cometidos pelos chefes da Alemanha nazista e que feriram o direito internacional.
Com produção executiva coassinada por Alec Baldwin, este filme manteve-se fiel até as transcrições das fitas gravadas na corte, também reproduzidas fielmente.

Título original: Judgment at Nuremberg
Ano: 1961


2. Testemunha de Acusação

Baseado num conto da Agatha Christie,mostra um brilhante advogado tentando provar a inocência de um acusado que possui todas as provas contra ele.

Leonard Vole (Tyrone Power) é preso sob a acusação de ter assassinado uma rica viúva de meia-idade, Sir Wilfrid Robarts (Charles Laughton), um veterano e astuto advogado, concorda em defendê-lo.

Título original: Witness for the Prosecution.
Ano: 1957


3. Doze Homens e uma Sentença

Um adolescente de 16 anos é acusado de assassinar o próprio pai. Seu destino cabe a um tribunal formado por 12 homens, que terão de chegar a um único veredito. Culpado ou inocente?

Uma sentença negativa levará o réu à cadeira elétrica. É dessa circunstância crítica — condenar ou absolver — que nasce o drama. É a complexa relação entre a rigidez da lei, a maleabilidade da interpretação dos homens, e a má vontade de alguns jurados, que só querem ir logo para suas casas, que sustenta a tensão deste filme.

Título original: Twelve Angry Men.
Ano: 1957


4. Tempo de matar

No Mississipi, dois homens brancos espancam e estupram uma menina negra de dez anos. Eles são presos, mas quando estão sendo levados ao tribunal para terem o valor da sua fiança decretada o pai da garota (Samuel L. Jackson) decide fazer justiça com as próprias mãos e mata os dois na frente de diversas testemunhas, além de acidentalmente ferir seriamente um policial.

Ele é preso rapidamente, mas a cidade se torna um barril de pólvora e, além do mais, a defesa tem de se defrontar com um juiz que não permite que no julgamento se mencione a razão que fez o pai cometer o duplo homicídio, pois o julgamento é de assassinato e não de estupro.

Título original: A Time to Kill
Ano: 1996


5. A Condenação

Baseado em uma história real, o filme conta a história da garçonete Betty Anne Waters, que deixou sua vida de lado para tentar livrar o irmão de uma acusação de assassinato. Convencida da inocência dele, Betty volta a estudar, entra na faculdade de Direito, se forma e se torna advogada, para poder assumir o caso e provar que seu irmão foi condenado injustamente.

Título original: Conviction
Ano: 2010


6. As duas faces de um crime

O filme duas face de um crime trata da história de um ex – promotor, que passou a atuar como advogado (Richard Gere) que busca causas polêmicas para sempre estar com os holofotes voltados para ele. Entre casos de grande repercussão aparece a oportunidade de defender um jovem de 19 anos (Edward Norton), acusado de assassinar um popular arcebispo, que foi preso com as roupas cobertas de sangue da vítima.

O primeiro ponto de virada do filme nos revela uma verdade surpreendente acerca da personalidade do réu, enquanto acompanhamos a habilidade do advogado em defender seu cliente, manipulando os dispositivos legais e moldando a “realidade” ao seu bel prazer, e descobrimos as possíveis motivações e “justificativas“ para o crime.

O desfecho final nos brinda com uma das cenas mais fantásticas de tribunais.

Título original: Primal Fear
Ano: 1996


7. Código de conduta

Clyde (Gerard Butler) é um dedicado pai de família que testemunha sua esposa e filha serem assassinadas. Um dos culpados ganha liberdade graças a um acordo feito com o ambicioso promotor Nick (Jamie Foxx).

Dez anos depois o assassino que havia sido solto é encontrado morto e Clyde assume a autoria do crime, avisando a Nick que um a um, os assassinos de sua familia serão mortos. Clyde é preso, mas de sua cela consegue planejar e executar uma série de assassinatos que ninguém consegue prever.

Título Original: Law Abiding Citizen.
Ano: 2009


8. O Poder e a Lei

Michael (Matthew McConaughey) é um advogado que adora ganhar dinheiro fácil. Quando ele é contratado para defender um jovem playboy acusado de tentativa de estupro e agressão, pensa ser o caso de sua vida. Porém, o que parecia garantido começa a se mostrar perigoso e Michael se vê em uma situação onde nada é o que parece.

Título original: The Lincoln Lawyer.
Ano: 2011


9. Em nome do pai

Gerry Conlon (Daniel Day-Lewis) e amigos hippies são presos, acusados de cometerem um atentado a bomba, que fora praticado pelo IRA. Ao tentar ajudá-lo, o pai acaba sendo acusado e condenado, dividindo a cela com ele.

Depois de vários anos na detenção, o caso é reaberto por uma advogada (Emma Thompson). Com a ajuda da advogada, Gerry empenha-se em provar que eles eram inocentes e limpar o nome de seu pai que por estar muito debilitado acabou falecendo na prisão.

O filme trata de injustiça, resistência e, principalmente, mostra inocentes que foram julgadas de forma leviana, com objetivo de culpar alguém na tentativa de acalmar os ânimos de uma sociedade.

Título original: In the Name of the Father.
Ano: 1993






Esperamos que gostem da nossa seleção, e bom filme para todos, caso tenha mais algum filme para recomendar, compartilhe conosco nos comentários logo abaixo   smile emoticon